Post image

Quando as Emoções Adoecem, O Corpo Também Adoece.

Os constantes resfriados, as dores de cabeça, a garganta inflamada, as constantes alergias, refluxos, as depressões, a ansiedade, o transtornos do pânico, ou seja todas as doenças e dores tanto física quanto psíquicas são reflexos de nosso mundo emocional que tenta se comunicar, para dizer que você não está bem.

              Esses sintomas físicos e psíquicos foi o meio que seu corpo encontrou de dizer que você precisa de ajuda. Com frequência nós recebemos verdadeiras dicas de nosso copo, o problema é que quase sempre nos recusamos a entendê-las ou dar-lhe atenção. O corpo pode comunicar-se de várias formas, a pele pode ser uma via dessa comunicação, assim, até ela pode ser utilizada, como um caminho para pedir ajuda   

              Todos os órgãos possuem um canal de comunicação pré-verbal, que funciona dinamicamente como mensageiro para o mundo externo. É através da pele – o mais exímio órgão de percepção humano, que tantos os atos de amor, quanto os de hostilidades, são armazenados por ela, e não é sem motivo que ela seja a primeira a manifestar os problemas quando as aflições emocionais perturbam a mente a sudorese intensa pode exprimir um estado d ansiedade crônica; o vitiligo, que pode surgir após uma situação de estresse emocional; o rubor a gagueira enfim, muitos outros sintomas e doenças que pode refletir um pedido de ajuda, quando a boca tem dificuldade em falar

             Muitos desses sintomas podem aparecer justamente nos momentos que antecede um evento importante, oi após ter vivenciado um situação angustiante, triste mesmo que tenham ocorrido dias atrás, só depois que o corpo esfria do susto, é que ele é capaz de se comunicar, mesmo que seja só com dores no corpo. Após esses eventos não é incomum o corpo refletir esses sofrimentos através de um adoecimento físico, esses sinais físicos, como dores de cabeça, estômago, coluna, pode ser de fato uma indicação de problemas de fundo emocional, muitos deles capazes de reduzir até seu tempo de vida.

              Quando o “coração” (emoções) adoece o corpo o também adoece.  E, pode denunciar, mesmo contra a nossa vontade, algumas das emoções mais profundas que sentimos. Tanto as expressões de medo e ansiedade, quanto muitas doenças podem aparecer como sintoma mensageiro, de uma emoção não-resolvida que se apresentam como manifestação orgânica e funcionando como linguagem corporal.

              Se a pele fala, se o corpo fala é porque querem ser ouvidos, olhados além do óbvio, percebidos em toda sua complexidade. Com frequência nós recebemos verdadeiras dicas de nosso corpo, o problema é que é que quase sempre nos recusamos a entendê-las ou dar-lhes atenção.

             

              Não negligencie suas dores físicas ou emocionais, esteja atendo ao funcionamento de seu corpo e de sua mente. Faça terapia, procure um psicólogo, não deixe se maltratar por exigências reais, ou irreais, cuide de suas emoções.    

Dra. Cirene Valadão Psicóloga Clínica, Neuropsicóloga, Terapeuta de Casal e Família.